Connect with us

Artista visual indígena Ziel Karapotó apresenta exposição no Recife

Exposições

Artista visual indígena Ziel Karapotó apresenta exposição no Recife

Artista visual indígena Ziel Karapotó apresenta exposição no Recife

Até o dia 30 de abril, o artista visual indígena Ziel Karapotó expõe as suas pinturas, desenhos, objetos, gravuras e vídeos na Christal Galeria, na região Sul do Recife.

Com entrada gratuita, a exposição “Ziel Karapotó – Como Fumaça” tem apoio da Lei Aldir Blanc, através da Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco.

Os trabalhos apresentados narram os caminhos que nos conectam com nossas origens e expressam a resistência na luta por territórios do povo de etnia Karapotó, um povo indígena da região do Baixo de São Sebastião, no Estado de Alagoas. 

“Seremos levados para aquilo que não conseguimos falar, mas sim ver e sentir. Através de obras que derivam do sonho, do segredo, do sagrado, o chão da Christal Galeria se tornará um espaço de troca e representação desse país inventado e forjado chamado Brasi”, afirma Bárbara Collier, curadora da exposição.

As obras têm por inspiração a temática, estética, geometria e até mesmo elementos decorativos de tatuagens ou artesanato indígenas. 

“É abrir espaço para que a poeira que sobe, da fumaça que corta e guia de suas tradições se transformem em técnica, em tema, em ligação, com suportes prezados pelo universo das Artes Visuais”, exalta a fundadora da galeria, Christiana Asfora Cavalcanti.

A primeira exposição individual de um artista indígena no Estado de Pernambuco é um feito histórico que marcará o calendário da cidade do Recife no ano de 2022.

Aberto ao público até o dia 30 de abril, o evento ocorre na Christal Galeria, no bairro do Pina, na região Sul do Recife.

Ziel Karapotó

Ziel Karapotó nasceu na comunidade de Terra Nova, no vizinho estado de Alagoas. Ele atua desde 2012 como artista visual, performer, realizador  audiovisual, fotógrafo, curador e arte-educador. Em seus trabalhos, Ziel utiliza do próprio corpo como ferramenta discursiva de resistência e força anti colonial, abordando as questões sobre as configurações das identidades indígenas na contemporaneidade, em especial sobre as etnias no nordeste brasileiro, e os múltiplos contextos nos quais estão inseridos, além dos problemas sociopolíticos que os cercam. O artista possui em seu currículo uma vasta participação em exposições coletivas, ensaios fotográficos e várias performancesChr realizadas, tendo a cultura indígena como foco principal.

No campo do audiovisual, Ziel Karapotó acumula mais de 10 prêmios, como “Um Outro Céu”, premiação organizada pela rede de universidades da Bahia (UFBA, UNEB, UFRB), do Pará (UNIFESSPA), Inglaterra (Sussex), com apoio da Fapex e junto do movimento indígena, através da APOINME. 

Em 2020, obteve Menção Honrosa na 7ª edição do EDP nas artes do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. Em 2021, foi “Criador Talento” pela Rede Globo, sendo um dos autores indígenas do “Especial Falas da Terra”, um marco na história da TV brasileira.

Christal Galeria

Fundada por Christiana Asfora Cavalcanti, a Christal Galeria foi pensada para transformar o cenário contemporâneo das artes do Recife e do Brasil.

A programação tem como objetivo fortalecer a carreira de artistas locais e nacionais, incorporando as mais diversas manifestações artísticas à partir das Artes Visuais, da Arte Contemporânea e Moderna e suas múltiplas vertentes (pintura, desenho, escultura, fotografia, instalação, performances, arte digital, arte conceitual entre outras).

Serviço

Exposição “Ziel Karapotó – Como Fumaça”, na Christal Galeria de Artes

Data: Até 30 de abril 

Local: Christal Galeria de Artes (Rua Estudante Jeremias Bastos, 266, Pina)

Entrada Gratuita e aberto ao público

Continue Reading
Faça seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Exposições

To Top