Connect with us

Os 6 Maiores Ídolos da História do Leão da Ilha do Retiro

Esportes

Os 6 Maiores Ídolos da História do Leão da Ilha do Retiro

Os 6 Maiores Ídolos da História do Leão da Ilha do Retiro

O Sport tem uma longa história de títulos em sua trajetória mais do que centenária. Um dos grandes do futebol de Pernambuco, do Nordeste e do Brasil, a equipe rubro-negra teve em seu elenco os mais variados ídolos de todas as gerações.

A evolução do esporte, bem como a criação de mercados derivados do futebol, como as transmissões esportivas e as apostas online (de empresas como a NetBet: https://casino.netbet.com/br/blackjack), fizeram com que o futebol movimenta uma grande quantia de dinheiro, mas as tradições do Sport Club do Recife em revelar grandes craques vem desde uma época em que o dinheiro ainda não comandava o futebol.

Por isso, nós montamos uma lista com os 6 maiores ídolos que já vestiram o manto rubro-negro. Confira:

  • Traçaia

Maior artilheiro da história rubro-negra (202 gols marcados), o atacante foi o grande ídolo da equipe na década de 50. Pentacampeão estadual, o mato-grossense jogou pela Seleção Brasileira (representada por atletas que jogavam em Pernambuco) o Sul-Americano Extra de 1959 e jogaria na Áustria na década de 60.

  • Magrão


Recordista de jogos e de títulos com a camisa do Sport (são 732 partidas e 10 títulos), Magrão pode confundir a própria história da carreira com a do clube pernambucano. O arqueiro atuou pelo Leão de 2005 a 2019, atravessando anos inesquecíveis, como o de 2008, temporada do título da Copa do Brasil.

  • Juninho Pernambucano

A passagem do meia pela Ilha do Retiro pode ser um tanto ofuscada pelo grande sucesso do jogador no Vasco e no Lyon. Mas Juninho (ainda sem o apelido referente ao estado de origem) foi uma das grandes revelações do Leão e brilhou com a camisa do clube em meados dos anos 90, conquistando uma Copa do Nordeste e um Pernambucano.

  • Leonardo

Foi a cara do Sport na década de 1990. De forma precisa, o atacante atuou na Ilha entre 1992 e 2004, com 367 jogos e 136 gols, sendo o 3º maior goleador do clube – foi artilheiro do Estadual em 97 e 99. Em 2000, no Brasileirão, fez 5 gols numa só partida (6 x 0 diante do Atlético-MG, no Mineirão). Ao todo, ganhou 9 títulos no Sport.

  • Durval

Talvez seja muito difícil conseguir tirar um sorriso desse zagueiro, mas é mais difícil alguém tirar os méritos de um jogador que foi heptacampeão estadual consecutivo (entre 2006 e 2012, jogando por Sport e Santos). E se eternizou na galeria dos ídolos por ter ajudado na conquista do título da Copa do Brasil em 2008.

  • Ademir de Menezes (Queixada)

Artilheiro da Copa do Mundo de 1950, o “Queixada” foi revelado pelo Sport em 1941, ano em que foi campeão e artilheiro do Pernambucano, com 11 gols. Nesse mesmo ano, o centroavante foi o destaque na excursão rubro-negra ao Sul e ao Sudeste. Após uma vitória acachapante por 5×3 sobre o Vasco da Gama, em São Januário, Ademir acabou sendo contratado pelo cruzmaltino, onde partiria para a seleção brasileira anos mais tarde.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top