Connect with us

Comerciante recifense leva golpe do PIX e perde R$6 mil: Como se proteger

Uncategorized

Comerciante recifense leva golpe do PIX e perde R$6 mil: Como se proteger

Comerciante recifense leva golpe do PIX e perde R$6 mil: Como se proteger

No final de abril, dois estabelecimentos localizados nas Graças, Zona Norte do Recife, sofreram com o golpe do Pix. As vítimas foram um salão de beleza e um serviço de design de sobrancelhas, que tiveram um prejuízo na casa dos R$6 mil, de acordo com a denúncia.

Ambas as empresas pertencem à mesma comerciante, que registrou um boletim de ocorrência depois de ter percebido o golpe. Segundo o documento, uma cliente, cujo nome não foi identificado, foi atendida 13 vezes, fazendo procedimentos diferentes, entre os meses de fevereiro e abril. Após cada procedimento, a golpista optava por pagar através do sistema de pagamentos do Banco Central, o Pix, e apresentava o comprovante.

Contudo, o que os funcionários do salão não haviam percebido é que os comprovantes de pagamento eram falsos. Após notarem que os valores nunca entravam realmente na conta da empresa, os funcionários perceberam que se tratava de um golpe.

Ao detalhar o caso, o advogado criminalista representando a empresa, Leandro Pereira, explicou: “A autora enviava um print da tela com o valor a pagar. O pagamento mesmo nunca era efetuado. Como o salão é muito frequentado e o balanço financeiro não era feito diariamente, houve uma demora em se notar o desfalque no faturamento”.

O advogado ainda afirma que este caso pode ser considerado como um crime de estelionato, que tem uma pena de até cinco anos de reclusão e multa. Além disso, a empresa fraudada pode pedir a reparação de danos morais e materiais. “Nem sempre é simples identificar um comprovante forjado. Em muitos casos, os documentos seguem os mesmos padrões dos comprovantes gerados pelos bancos”, termina.

Prevenção

Desde que foi lançado, o Pix se tornou o método de pagamento favorito do consumidor brasileiro, facilitando as transações e trazendo rapidez para o sistema de transferências de valores. Hoje em dia, é possível encontrar lojas de roupas, padarias, serviços online, sites de varejo, e até mesmo opções de entretenimento, como os cassinos com pix, que ganharam bastante força nestes últimos anos. Estas plataformas de jogatina combinam a praticidade do sistema do BC com a possibilidade de se jogar múltiplas modalidades de jogos de cassino e ainda levar dinheiro para casa. E no cassinos.info, você encontra dicas e promoções que agregam muito mais à experiência, diminuindo os custos iniciais.

E como o Pix é tão popular e aceito pelo brasileiro, pessoas ruins passaram a se aproveitar dessa ferramenta para aplicar golpes em lojistas e prestadores de serviço. Por conta disso, quem aceita essa forma de pagamento precisa se prevenir para evitar ficar no prejuízo, como ocorreu com a empresária recifense.

Antes de emitir a nota fiscal, é importante verificar se o valor já entrou na conta da empresa. Os prints de tela feitos por clientes não são confiáveis, já que é possível forjar o comprovante com um simples programa de computador. O lado bom é que o serviço de pagamentos é rápido, e o valor cai na conta do destinatário em poucos minutos, senão segundos.

Além disso, você pode verificar se o cliente realmente enviou um comprovante de pagamento – e não de agendamento. Ambos os comprovantes são muito semelhantes, mas o agendamento não garante que o dinheiro vai cair em sua conta.

Se o seu balanço é feito a partir dos e-mails de confirmação do banco, tome cuidado. Esses e-mails podem não ser completamente confiáveis, já que criminosos podem forjar comunicações usando o mesmo padrão de mensagens de empresas legítimas. Assim, busque sempre verificar o destinatário do e-mail recebido, e se ele é realmente o seu banco.

Por fim, para se proteger, você pode sempre pedir um documento para comprovar que a conta bancária usada para fazer o Pix está no nome do cliente. Isso permite que, caso algum golpista consiga efetivar o crime, você tenha o nome da pessoa para identificá-la.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

To Top